Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Britney Spears telefonou para o 112 na véspera do seu testemunho em tribunal

Uma investigação da “The New Yorker” dá conta de que toda a gente na equipa de Britney Spears trocou freneticamente SMS, temendo pelo que a cantora pudesse dizer em tribunal no dia seguinte

Britney Spears ligou para o 112 na véspera do seu testemunho em tribunal, no processo que a opõe ao seu pai, Jamie.

De acordo com a revista "The New Yorker", vários membros da equipa de Britney discutiram o que fazer após essa chamada, preocupados com o que a cantora poderia dizer em tribunal.

Não só isso, como foram feitos preparativos para o caso de Britney se "revoltar".

No mesmo artigo, é citado o advogado responsável pelo processo que deu a tutela da carreira da cantora ao pai, Robin Johnson, em 2007.

"Nada disto é culpa dela. Havia tanta gente envolvida na sua vida, que ficou uma situação de loucos. Não tenho nada de mau para dizer sobre ela, foi um dos casos mais tristes que já tive", disse.

Uma antiga amiga da família contou, ainda, que o processo "foi feito em dez minutos". "Ninguém testemunhou e ninguém fez perguntas", afirmou.