Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Sammy Hagar diz que David Lee Roth é “parvo, cretino e o pior indivíduo para se ter por perto. E canta mal”

A 'família' Van Halen troca palavras amigas

Sammy Hagar deu uma entrevista ao programa "Por Dentro com Paulo Baron", tendo deixado duras críticas a David Lee Roth, vocalista que substituiu nos Van Halen.

Descrevendo David Lee Roth como "uma personagem", Hagar afirmou não saber o que vai na cabeça do colega de profissão. "Não sei com o que é que ele se rala. Não sei mesmo. Não o conheço", disse.

"Acho que ninguém sabe quem ele é verdadeiramente. Mas ele diverte-me. Adoro vê-lo a fazer cenas estúpidas. Não consigo imaginar o que lhe vai pela cabeça quando se vê a dançar e a cantar em vídeos antigos".

Hagar acrescentou: "Ele não é o que diz que é. Está a fingir. É tudo treta. Tudo o que ele faz é pensado, uma imagem. Não tem nada a ver com quem ele é de facto. Eu sei isto".

Instado a explicar-se, o músico não demorou a deixar algumas palavras "amigas" para com David Lee Roth, recordando o ano em que andaram juntos em digressão. "Ele era a pior pessoa para se ter por perto", revelou.

"Quando saí da banda, tentei ser simpático. Mas, depois de fazermos a nossa tour, disse: este tipo que se lixe. É parvo, cretino e o pior indivíduo para se ter por perto. E, agora que o Eddie [Van Halen] morreu, sinto que ele faz parte do legado da banda".