Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Bruce Springsteen goza com a sua própria detenção. “Foi um ato tão hediondo que ofendeu a porcaria dos Estados Unidos por inteiro”

“O meu processo foi 'Estados Unidos da América contra Bruce Springsteen'. Sabe sempre bem ouvir que toda a nação está alinhada contra ti”

Bruce Springsteen iniciou este sábado a sua nova temporada na Broadway, num concerto em que lembrou a sua detenção em novembro passado.

O músico, recorde-se, foi detido por conduzir embriagado, após ter parado a sua mota para beber um shot com os fãs. Já este ano, foi ilibado em tribunal, numa sessão em que testemunhou via Zoom.

"O meu processo foi 'Estados Unidos da América contra Bruce Springsteen'. Sabe sempre bem ouvir que toda a nação está alinhada contra ti", brincou.

"Foi um ato tão hediondo que ofendeu a porcaria dos Estados Unidos por inteiro. Dois shots de tequila!".

Além da boa disposição, Springsteen mostrou ainda algumas alterações aos alinhamentos da temporada anterior: 'Fire', 'American Skin (41 Shots)' e 'I'll See You In My Dreams' foram todas tocadas pelo "Boss".