Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Rui Reininho

Rita Carmo

Rui Reininho: “Estive quase a morrer afogado. Gastei uma das minhas vidas. Pensei: é agora”

Rui Reininho recorda uma situação-limite que enfrentou no mar da Galiza. “Saí um pouco da costa, vi-me a ser arrastado para aquelas falésias fantásticas e pensei: 'é agora'. Há um momento de pacificação que é muito interessante, 'é o mar, estou despido de qualquer sentimento', mas depois vi uns surfistas”. Um episódio para ouvir no Posto Emissor

Rui Reininho é o convidado desta semana do Posto Emissor, podcast semanal da BLITZ. Em conversa com Luís Guerra, o músico do Porto explica-nos como nasceu o seu surpreendente segundo disco a solo, “20.000 Éguas Submarinas”, um álbum experimental (e ambiental, ma non troppo).

A conversa divergiu, naturalmente, para outros episódios de 66 anos de vida, tendo o também vocalista dos GNR recordado um episódio-limite ocorrido há alguns anos nos mares de Galiza.

"Em Punta do Couso [nas Rías Baixas galegas] naufraguei duas vezes e estive mesmo para morrer afogado. Gastei uma das minhas vidas. Aquelas marés gordas das Rías Baixas, saí um pouco da costa, vi-me a ser arrastado para aquelas falésias fantásticas e pensei: 'é agora'. Depois há um momento de pacificação que é muito interessante: 'é o mar, estou despido de qualquer sentimento'. Vi uns surfistas ao longe e ocorreu-me gritar-lhes alguma coisa”:

Ouça a partir dos 17 minutos e 40 segundos do Posto Emissor: