Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Carlão: "Não tenho saudades da pessoa que era nos Da Weasel"

Carlão reflete sobre o grande sucesso alcançado com os Da Weasel, que acabam de ser confirmados no cartaz do NOS Alive 2022. No próximo domingo, atua a solo no Campo Pequeno, em Lisboa, com Manel Cruz, Marisa Liz e Stereossauro como convidados

Carlão, que no próximo domingo, 20 de junho, atua no Campo Pequeno, em Lisboa, refletiu sobre os seus tempos nos Da Weasel, banda que o deu a conhecer ao grande público e que deveria ter regressado aos palcos no NOS Alive 2020. Cancelado duas vezes devido à pandemia, o regresso está agora prometido para o mesmo festival, em 2022.

"Quando digo que não tenho grandes saudades de Da Weasel... não tenho saudades da pessoa que era, é mais isso", esclarece Carlão, em entrevista à revista "Time Out". "Se tenho ali muita história minha, também tenho coisas minhas, a nível pessoal, que não trazem saudades nenhumas. E a coisa ter acabado assim meio abruptamente, num momento bom, quando provavelmente a banda ainda tinha coisas para dar, também teve esse efeito. Mas tinha saudades das pessoas e de tocar com elas", garante.

Em 2021, os Da Weasel "não são os mesmos", diz Carlão. "Em boa parte estamos a fazer as coisas melhor, com outra maturidade, apesar de alguma malta ter parado de tocar. Em termos de endurance, não sei", aponta. "Mas isso é como o sexo. Com 20 anos estás ali o tempo que for preciso e se calhar com 50 não precisas de tanto tempo, fazes as coisas de outra forma, com outra experiência", compara.

No concerto no Campo Pequeno, em Lisboa, a 20 de junho, Carlão terá como convidados Manel Cruz, Marisa Liz e Stereossauro. O espetáculo começa às 19h.