Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Billie Eilish na capa da "Rolling Stone"

Billie Eilish: “Tive duas relações amorosas. Passei por muito, mas nunca foram coisas normais”

“As pessoas dizem: 'bem, tu és artista, não podes esperar que as pessoas não queiram saber mais'. Posso, sim. Têm de me respeitar por dar tanto e dizer: 'É tudo'. O resto é para mim”. Assim fala Billie Eilish em entrevista à Rolling Stone

Billie Eilish deu uma longa entrevista à Rolling Stone, na qual fala sobre o seu vindouro álbum, "Happier Than Ever", e as mudanças que aconteceram na sua vida desde que se tornou famosa mundialmente.

Aos 19 anos, a norte-americana, que tem sido particularmente discreta quanto aos pormenores da sua vida pessoal, explica que protege a identidade dos seus companheiros, com receio de que os seus fãs interpretem as suas letras, não necessariamente autobiográficas, como 'recados' a pessoas com quem namorou.

"Tive duas relações amorosas. Passei por muito, mas nunca foram coisas verdadeiras ou normais", afirma Billie Eilish.

Depois das reações às revelações do documentário "The World's a Little Blurry", a californiana decidiu proteger ainda mais a sua privacidade. “As pessoas dizem: 'bem, tu és artista, não podes esperar que as pessoas não queiram saber mais'. Posso, sim. Têm de me respeitar por dar tanto e dizer: 'É tudo'. O resto é para mim”, argumenta.

Na mesma entrevista, Billie Eilish fala sobre a inspiração do seu novo visual, as suas séries de televisão favoritas ou sobre o facto de já não viver com os pais e o irmão.

"Happier Than Never", o segundo álbum de Billie Eilish, sai a 30 de julho.

Billie Eilish na capa da "Rolling Stone"

Billie Eilish na capa da "Rolling Stone"