Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Manifestantes antivacinas protestam à porta de concerto dos Foo Fighters e acusam a banda de promover a “segregação”

Esta terça-feira, os Foo Fighters deram em Los Angeles um concerto com lotação completa, reservado a quem já está vacinado contra a covid-19. À porta, manifestantes acusaram a banda de Dave Grohl de promover a “segregação”

O concerto dos Foo Fighters no Canyon Club, em Los Angeles (EUA), o primeiro da banda com lotação completa desde o início da pandemia, ficou marcado por uma manifestação anti-vacinação à porta da sala de espetáculos.

O espetáculo só permitiu a entrada de pessoas já vacinadas contra a covid-19, levando estes manifestantes a acusar os Foo Fighters de "segregação".

Um dos presentes foi o ex-ator Ricky Schroder, um dos rostos mais conhecidos da campanha anti-vacinação.

A contestação não passou ao lado do público presente, com alguns comentários nas redes sociais a lamentá-lo: "há alguns humanos de baixa qualidade à porta do concerto dos Foo Fighters", escreveu um fã.

Instagram