Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Aí está 'Dustland', a canção que junta Killers e Bruce Springsteen. E tem uma história comovente

'Dustland' é uma nova versão de 'A Dustland Fairytale', que Brandon Flowers, dos Killers, escreveu durante a luta da sua mãe contra o cancro. “Foi uma tentativa de perceber o meu pai, que é um mistério para mim, e de fazer o luto pela minha mãe”

'Dustland', a canção que junta os Killers e Bruce Springsteen, já se encontra disponível para escuta.

O tema é uma versão reescrita de 'A Dustland Fairytale', presente em "Day & Age", álbum que os Killers editaram em 2008 - e que é a canção dos Killers de que Bruce Springsteen mais gosta.

Nas redes sociais, Brandon Flowers explicou que a ideia da colaboração surgiu após Bruce Springsteen lhe ter enviado uma série de SMSs, a elogiar o espetáculo ao vivo dos Killers e a propor tocarem juntos 'Dustland'.

A canção, contou, foi escrita durante a luta da sua mãe contra o cancro. "Foi uma tentativa de perceber o meu pai, que é um mistério para mim, e de fazer o luto pela minha mãe".

"Foi catártico. E é aí que entra o Bruce. Antes de ser fã dele, gostava de tudo o que tivesse a ver com estádios, que fosse maior que a vida. Mas ele escreveu sobre pessoas como os meus pais e encontrou muita beleza nos sonhos e esperanças invisíveis das pessoas. Estou-lhe grato por me ter aberto esta porta".

Ouça aqui 'Dustland':