Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Moby

Moby: “Fui mais feliz a viver numa fábrica abandonada do que num prédio de luxo com o Bono e o Alec Baldwin como vizinhos”

Em entrevista exclusiva Expresso/BLITZ, Moby recorda com nostalgia os tempos anteriores ao sucesso. “Era muito mais feliz numa fábrica abandonada e sem água do que quando vivia num apartamento de cinco andares num prédio de luxo em Nova Iorque. Veja-se a quantidade de pessoas bem sucedidas que estão completamente destruídas do ponto de vista emocional”

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Aos 55 anos, Moby acaba de lançar um disco ao vivo com orquestra, "Reprise", e o documentário "Moby Doc". A esse propósito, falou com o Expresso sobre alguns momentos estruturantes da sua carreira e da sua vida pessoal.

Sobre a época em que, na sua juventude, viveu numa fábrica abandonada, Moby desenvolveu a ideia que o dinheiro não traz, necessariamente, felicidade.

"Fui muito feliz a viver naquela fábrica abandonada, que não tinha água e ficava no meio de um bairro de droga. O meu espacinho lá era muito sujo, mas tinha bons amigos, fazia música... Era muito mais feliz aí do que quando vivia num apartamento de cinco andares num prédio de luxo com vista para o Central Park, com o Bono ou o Alec Baldwin como vizinhos", garante. "O sucesso financeiro pode ser bom, mas veja-se a quantidade de pessoas bem sucedidas e ricas que estão completamente destruídas do ponto de vista emocional", argumenta.

Leia a entrevista na íntegra.