Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Foo Fighters

Como os fãs anti-vacinas viraram as costas aos Foo Fighters

Os Foo Fighters só autorizam fãs vacinados no seu concerto de regresso no Madison Square Garden, em Nova Iorque. A medida não é consensual

Alguns fãs anti-vacinas dos Foo Fighters insurgiram-se contra a política imposta pelo grupo, que só permitirá a entrada de pessoas vacinadas no seu concerto no Madison Square Garden, em Nova Iorque, a 20 de junho.

Entre estes está o grupo pop Right Said Fred, cujo vocalista, Richard Fairbrass, é um conhecido negacionista da pandemia.

Em resposta a um comentário de um fã, que afirmou no Twitter que a obra dos Foo Fighters iria agora "parar ao caixote do lixo", o grupo escreveu que "a música deve construir pontes, e não destruí-las".

Josh Denny, comediante que se auto-proclama "libertário", também se manifestou: "nem todas as pessoas que escolhem não se vacinar são teóricos da conspiração. Alguns, como eu, têm doenças autoimunes que tornam a vacina numa coisa de alto risco", escreveu, comparando a obrigação da toma de vacinas à segregação.