Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Criolo

Irmã do rapper brasileiro Criolo morre aos 39 anos vítima de covid-19

O rapper e cantor brasileiro Criolo, que já se apresentou ao vivo em Portugal várias vezes, perdeu a sua irmã mais nova, Cleane Gomes. A professora tinha 39 anos e foi vítima de covid-19

O rapper e cantor brasileiro Criolo, que já se apresentou ao vivo em Portugal numerosas vezes, perdeu a sua irmã mais nova, Cleane Gomes. A professora tinha 39 anos e foi vítima de covid-19, noticia a imprensa brasileira.

A morte da irmã de Criolo (nome artístico de Kleber Gomes) foi anunciada pela sua mãe, a poetisa Maria Vilani, que num testemunho emotivo recordou a vida da filha.

" Você iluminou a minha vida de sofredora de favela, e por você seu pai moveu o mundo, quando você completou quatro meses de vida nesse planeta saímos da favela. Quando você nasceu eu falei para o seu pai que havia nascido a artista da família, por isso matriculámos o Clayton e o Kleber numa escola de violão, ou melhor, matriculámos o Clayton, pois o Kleber ficou no curso como ouvinte, não podíamos pagar mensalidade para os dois; a sorte é que os dois são canhotos, então compramos apenas um violão."

A mãe de quatro filhos elogia ainda o exemplo de Cleane: "Minha filha, você foi boa mãe, boa filha, boa irmã, magnífica tia, uma excelente amiga e professora, uma grande artista circense e cénica, artista plástica, compositora e poeta das boas. Dona de um coração maior que o corpo. Aprendi muito com você."

Apesar dos protestos em São Paulo, esta semana, contra a falta de vacinação dos professores como Cleane, a mãe garante não sentir revolta. "Não sinto revolta pela pandemia, nem pelo descaso do governo em relação às vacinas, porque sinto no meu coração que você partiu no seu momento de partir, se não fosse a Covid-19, seria qualquer outro motivo. Você terminou a sua missão nesse plano, em 5 de junho de 2021. Seria egoísmo não aceitar a sua libertação."

Instagram