Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Sinéad O'Connor

MARIA BASTONE/Getty Images

Recordar é viver. Quando Sinéad O'Connor foi vaiada por uma multidão enfurecida e saiu do palco a correr numa homenagem a Bob Dylan

Num concerto de homenagem a Bob Dylan, em 1992, Sinéad O'Connor deparou-se com um público indignado com o facto de, poucos dias antes, ter rasgado uma fotografia do Papa em direto na televisão. A cantora irlandesa foi obrigada a sair de palco e ficou tudo registado em vídeo

Num concerto de aniversário de Bob Dylan, em 1992, Sinéad O'Connor deparou-se com uma multidão enfurecida ao subir ao palco do Madison Square Garden, em Nova Iorque, para interpretar uma versão do clássico de Dylan 'I Believe in You'.

No espetáculo, que decorreu 13 dias depois de ter rasgado uma fotografia do Papa no programa televisivo "Saturday Night Live", a artista foi vaiada, viu-se obrigada a interromper a canção, cantou 'War', de Bob Marley, de forma enraivecida, mas acabou por abandonar o palco apressadamente.

Além de O'Connor, o concerto contou com atuações de Neil Young, Johnny Cash, Stevie Wonder, Lou Reed, Tracy Chapman ou de Eddie Vedder e Mike McCready, dos Pearl Jam, que subiram ao palco imediatamente a seguir à cantora irlandesa e conquistaram a plateia com uma versão de 'Masters of War'.