Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Salvador Sobral

Brendan Hoffman/Getty Images

Salvador Sobral quase foi desclassificado da Eurovisão porque “queria fazer uma coisa diferente”

“Havia 50 mil ensaios e eu não gosto de ensaiar demasiado”, diz Salvador Sobral sobre a sua participação na Eurovisão, em 2017, que esteve em risco de não acontecer por desqualificação

Salvador Sobral revelou que quase foi desclassificado da Eurovisão, em 2017, edição que acabaria por vencer, com a canção 'Amar Pelos Dois', e, assim, dar a Portugal a primeira vitória no festival, em Kiev, na Ucrânia.

Em conversa com Bumba na Fofinha, no podcast Reset, o músico explica que tentou fazer "uma coisa diferente" num dos ensaios, sem saber que isso poderia levar à desqualificação, e que foi impedido, por sorte, à última hora.

"Havia 50 mil ensaios e eu não gosto de ensaiar demasiado", começa por dizer Sobral, "então, há um dia em que digo à minha irmã [Luísa Sobral, compositora de 'Amar Pelos Dois']: 'Olha, bora fazer isto em inglês. Tu escreves a letra e eu canto em inglês no ensaio'".

Quando se preparava para subir ao palco e interpretar a canção traduzida para inglês, foi parado por Carla Bugalho, produtora da RTP, que lhe disse: "Salvador, ouvi dizer que queres cantar em inglês. Estás maluco? Se fazes isso somos desqualificados".

"Éramos desqualificados, não era uma reprimenda", explica, dizendo que mudou de ideias e acabou por interpretar a canção em português. "Podiam mil coisas ter corrido mal, mas correu tudo bem para eu agora poder fazer a música que gosto por todo o lado".