Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

José Cid

Rita Carmo

José Cid: “Eu tenho um problema enorme com a Joana Marques”

“O próprio Presidente da República, em vez de me dar um abraço, puxou-me as orelhas e disse-me: você atreveu-se a enfrentar a grande Joana Marques”. José Cid conta um episódio que aconteceu há dois anos num concerto na Praça do Comércio em que, afirma, se viu insultado por causa da radialista e comediante

José Cid recordou um episódio num concerto na Praça do Comércio, em Lisboa, há dois anos, durante o qual foi "assobiado" e "insultado" depois de a radialista e comediante Joana Marques ter comentado a sua viagem a Las Vegas para receber um Grammy.

"Eu tenho um problema enorme com a Joana Marques", começou por dizer, em entrevista a Ana Galvão na rubrica "Desculpa, mas vais ter de perguntar", transmitida esta quarta-feira na Rádio Renascença, com a própria Joana Marques em estúdio, "desde que ela fez aquele podcast, a minha vida modificou-se completamente".

Cid explica que pouco depois dos comentários da comediante, deu o referido concerto em Lisboa "para 200 mil pessoas, que durante três horas me assobiaram, do princípio ao fim. Foi uma coisa horrível. Só se gritava Joana Marques na Praça do Comércio".

"O próprio Presidente da República, que esteve presente em palco, em vez de me dar um abraço puxou-me as orelhas e disse-me ‘você atreveu-se a enfrentar a grande Joana Marques’, que ela é altíssima", conclui, "a minha vida alterou-se profundamente”. Veja o vídeo.

Instagram