Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Rita Carmo

Concertos poderão decorrer até à meia-noite a partir de 14 de junho. Bares e discotecas continuam fechados

O Primeiro-Ministro António Costa apresentou esta quarta-feira as regras e critérios das próximas fases do processo de desconfinamento

O Primeiro-Ministro António Costa explicou esta quarta-feira as regras e critérios que vão ser utilizados nas próximas fases do processo de desconfinamento, que "vai prosseguir com a matriz de risco já conhecida", mas aplicando restrições de modo diferente.

Os espetáculos culturais poderão decorrer até à meia noite a partir de 14 de junho. As salas de espetáculos terão uma lotação máxima de 50% da sua capacidade. No exterior, os espetáculos deverão ter lugares marcados e regras de distanciamento definidas pela DGS.

Bares e discotecas mantêm-se encerrados e permanecem proibidas festas e romarias populares. "Bares e discotecas entendemos que não há condições para abrir até final de agosto", diz António Costa, que lembrou que as regras contra ajuntamentos continuam em vigor. A situação de calamidade mantém-se, anunciou ainda o primeiro-ministro, acrescentando que as medidas de apoio se mantêm para bares os espaços que tiverem de se manter encerrados.