Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Selma Uamusse

Rita Carmo

Selma Uamusse: “Quando a avó do meu ex-marido me viu, ficou assustada. A única vez que tinha visto um negro tinha sido numa jaula”

“As pessoas não podem fingir que isto não mexe com as estruturas. Mexe com a geração que foi afetada, com a que depois é educada por ela”. Selma Uamusse no Posto Emissor

Selma Uamusse, a mais recente convidada do podcast Posto Emissor, fala sobre a persistência do racismo sistémico na sociedade portuguesa, e não só, e das marcas deixadas pela relação histórica entre brancos e pessoas de outras etnias.

"Fui casada com uma pessoa que não é portuguesa, que é belga, e cuja avó nunca tinha visto um negro à frente", recorda a artista nascida em Moçambique, "quando me viu, ficou assustada porque a única vez que tinha visto um negro tinha sido numa jaula".

"Antigamente, nos anos 30 e 40, havia jardins zoológicos humanos, com pretos lá dentro", continua, "as pessoas que acham que um negro, ou uma pessoa de outra etnia, é efetivamente inferior, não podem fingir que isto não mexe com as estruturas... Mexe com a geração que foi afetada e com a que depois é educada por ela".

Ouça a partir dos 24m 21s.

Assinar o Posto Emissor no iTunes.