Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Emitida ordem de prisão para Marilyn Manson

Em causa está um incidente ocorrido em agosto de 2019 durante um concerto de Marilyn Manson

Foi emitida uma ordem de prisão para Marilyn Manson, no estado do New Hampshire.

O músico foi acusado de dois crimes de agressão.

O caso remonta a 2019, quando Manson agrediu um videógrafo durante um concerto seu no Bank of New Hampshire Pavilion, a 18 de agosto desse ano.

O videógrafo em questão havia sido contratado para filmar o concerto, e encontrava-se na frente de palco quando ocorreram as agressões.

Segundo as autoridades locais, tanto Manson como o seu advogado "sabem da existência desta ordem há algum tempo". O músico não regressou ainda àquele estado desde o incidente.

Caso seja considerado culpado, Marilyn Manson poderá vir a ser sentenciado a um ano de prisão e a uma multa no valor de 2 mil euros.