Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

MC Kevin

Instagram MC Kevin

Morte de MC Kevin. Não houve violência mas polícia aponta “incoerências”

O relatório da polícia relativo à morte do cantor brasileiro MC Kevin foi tornado público. Apesar de não haver sinais de violência no quarto de hotel onde o músico se encontrava, as autoridades reconhecem “incoerências nos depoimentos das testemunhas”

O relatório da polícia relativo à morte do cantor brasileiro MC Kevin, na semana passada, no Rio de Janeiro, foi tornado público. Segundo a Globo, as autoridades dizem que a morte foi acidental e que não encontraram sinais de violência no quarto de hotel onde o músico se encontrava e de cuja varanda caiu.

A polícia acrescenta também que não foram encontradas drogas no quarto do quinto andar do Hotel Brisa Barra, na Barra da Tijuca, apesar de não poder garantir que não foram consumidas. No local, foram encontradas variadas bebidas alcóolicas.

"Não havia indícios de brigas ou outro tipo de ação violenta", lê-se no relatório. A polícia aponta, contudo, "incoerências" no depoimento de MC VK, que se encontrava com Kevin no momento da sua morte, no que diz respeito às horas a que outras pessoas entraram no quarto.

Kevin e MC VK estavam no quarto do hotel com Bianca Dominguez, uma mulher que conheceram na praia e com quem alegadamente mantiveram relações sexuais.

Segundo declarações do amigo e de Dominguez, Kevin caiu ao tentar passar para a varanda do quarto de baixo por acreditar que a sua mulher, que também se encontrava hospedada no hotel, estaria à sua procura.

Kevin acabaria por falecer na sequência da queda, depois de sofrer um traumatismo craniano e uma hemorragia no tecido que envolve o cérebro, tendo também sofrido, segundo informação presente na autópsia, treze fraturas.

A investigação só ficará totalmente concluída depois de serem comunicados à polícia os resultados da perícia aos telemóveis de Kevin e das pessoas que se encontravam com ele no hotel, dos exames de despiste de drogas e da análise às câmaras de segurança.