Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Instagram Dua Lipa

Dua Lipa rejeita acusações de antissemitismo após anúncio no “The New York Times”

“Este é o preço que pagas por defender os direitos humanos dos palestinianos contra o governo de Israel”, escreveu a cantora

Dua Lipa reagiu veementemente às acusações de anti-semitismo, feitas contra si por uma organização pró-Israel.

A World Values Network, juntamente com o rabi Shmuley Boteach, comprou este fim de semana um anúncio no jornal The New York Times, no qual acusa Dua Lipa, Bella Hadid e Gigi Hadid de anti-semitismo e de "difamar o estado israelita".

Em comunicado, a artista afirma que as suas posições pró-Palestina foram "deturpadas". "É este o preço a pagar por defender os direitos humanos dos Palestinianos", escreveu.

"Acredito que todos - judeus, muçulmanos e cristãos - têm o direito a viver em paz, como cidadãos em igualdade de direitos, no estado em que escolherem viver. A World Values Network recorreu ao meu nome para seguir avante com uma campanha suja de falsidades. Solidarizo-me com todos os povos oprimidos e rejeito todas as formas de racismo".