Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

A razão pela qual Keith Richards dos Rolling Stones odeia Prince

Um incidente ocorrido em outubro de 1981 está na origem da aversão de 'Keef' por Prince. E a 'culpa' até é de Mick Jagger

Em 1981, um incidente entre Prince e os Rolling Stones fez com que Keith Richards odiasse para sempre o autor de 'Kiss'.

Nessa época, Prince foi o escolhido para fazer as primeiras partes de dois concertos dos Stones em Los Angeles, com o aval pessoal de Mick Jagger.

No primeiro concerto, a 9 de outubro desse ano, a reação do público perante a presença de Prince - que se apresentou com um ar absolutamente andrógino - não foi a melhor, e o músico acabou a chorar nos bastidores, ameaçando não se apresentar para a segunda data e voltando para sua casa no Minnesota.

Porém, Jagger conseguiu convencê-lo a regressar, e Prince voltou a ser apupado. Dessa feita, vingou-se: afirmou que os presentes tinham "um péssimo gosto musical" e apelidou-os de "atrasados mentais".

Apesar de Prince ter sido de facto algo de racismo e homofobia, tais comentários não caíram bem junto de Keith Richards, que mais tarde se referiu ao músico como "um anão sobrevalorizado".

"A atitude dele, quando fez a primeira parte do nosso concerto, foi insultuosa. É um príncipe que se julga rei", afirmou. Oito anos mais tarde, a opinião do guitarrista mantinha-se: "não vejo muita coisa com substância naquilo que ele faz". As pazes só seriam feitas após a morte de Prince, em 2016, quando Richards deixou uma homenagem ao músico nas redes sociais.