Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Ambiente no NOS Alive'16

Rita Carmo

Frustração, ironia e desalento. Como estão os festivaleiros a reagir ao novo adiamento do NOS Alive

“Na América confirmam-se festivais, aqui é tudo cancelado” ou “para o ano tem de ser em grande”. Estes são alguns dos desabafos dos fãs perante novo adiamento do festival de Algés

O adiamento do festival NOS Alive para julho de 2022 deixou os festivaleiros, novamente, a braços com a frustração e o desalento, reagindo à notícia com alguma ironia até, nas redes sociais do evento de Algés.

"Na América confirmam-se festivais, aqui é tudo cancelado", "andaram a vender bilhetes para este ano quando estavam fartos de saber que não ia acontecer" ou "para o ano tem de ser em grande e a única maneira de o fazer é com The Strokes num dia e Arctic Monkeys noutro" são alguns desabafos de seguidores do NOS Alive.

Entre reclamações sobre bilhetes e cartaz, há também quem reconheça "lá estaremos", "em 2022 lá estaremos, com os bilhetes de 2020" ou "o último cancelamento. Vamos!", ou quem, de forma irónica, sugira: "abram lá isso. Metemos todos umas camisolas do Sporting e é na boa".

Instagram

O novo adiamento, diz a promotora Everything Is New, prende-se com o facto de a situação pandémica limitar a circulação entre países, assumindo que não foi uma decisão tomada de ânimo leve. As novas datas do NOS Alive são: 6, 7, 8 e 9 de julho de 2022.