Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Guitarrista dos Ministry sai da banda após alegações de ter mantido relações sexuais com menores

Sin Quirin já não é membro dos Ministry, confirmou um porta-voz do grupo

O guitarrista Sin Quirin deixou os Ministry, após ter sido acusado de manter relações sexuais com menores de idade.

O caso remonta há mais de 15 anos e tornou-se público em 2020. Em declarações à revista "Spin", duas mulheres afirmaram que Quirin manteve relações sexuais consigo quando tinham 15 e 16 anos, respetivamente.

O músico negou ter tido relações com menores de idade, justificando a sua saída dos Ministry com o facto de precisar de se focar na sua saúde. As contas do músico nas redes sociais parecem ter sido apagadas.

No artigo da "Spin", Kelly Longoria, uma das mulheres em questão, diz ter sido abordada por Sin Quirin quando este ainda tocava nos Society 1.

O músico ter-se-á encontrado por diversas vezes com Longoria, e a sua relação durou até esta ser maior de idade. A outra mulher, que preferiu manter o anonimato, diz ter tido relações sexuais com Quirin um mês após fazer 16 anos.