Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Billie Eilish

Billie Eilish: “Agora vão dizer-me ‘queixas-te de teres sido abusada quando eras menor, mas mostras os seios?’. Sim. Isso não é desculpa”

“Não conheço uma única rapariga ou mulher que não tenha tido uma experiência verdadeiramente má”, defende Billie Eilish numa entrevista em que fala sobre o facto de ter sido abusada quando era criança

Billie Eilish deu uma reveladora entrevista à revista Vogue, na qual fala sobre o facto de ter sido abusada quando era criança. Sem dar grandes pormenores, mas assegurando que o abusador não pertencia à indústria musical, a artista norte-americana reflete sobre a nova canção 'Your Power', que versa sobre o assunto.

"Não conheço uma única rapariga ou mulher que não tenha tido uma experiência verdadeiramente má", começa por dizer, antecipando-se depois às críticas que podem surgir pelo facto de falar sobre abusos na canção e de surgir de lingerie na capa da revista: "Agora vão dizer-me ‘queixas-te de teres sido abusada quando eras menor, mas mostras os seios?’. Sim. Vou, porque Isso não é desculpa".

'Your Power', diz Eilish, é "uma carta aberta aos abusadores - principalmente homens". "Gostava que as pessoas me ouvissem e não tentassem apenas descobrir de quem estou a falar, porque não é isso que interessa", acrescenta, "não é, verdadeiramente, sobre uma pessoa. Podem pensar 'isso acontece porque ela está na indústria da música'. Não, pá. Acontece em todo o lado".

"Podes sempre ser vítima de abusos. É um grande problema no contexto da violência doméstica ou abuso de menores", defende, "raparigas que eram muito confiantes e fortes deparam-se com situações em que ficam 'Oh meu Deus, sou eu a vítima aqui?'. É muito constrangedor e humilhante e desmoralizante estar nessa posição em que pensas que sabes tanto e depois percebes que estás a ser abusada".