Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Marisa Liz

Facebook Marisa Liz

Marisa Liz revela como foi vítima de assédio sexual. “Entro no carro, batem-me na janela, abro o vidro e gelei. Era ele”

A vocalista dos Amor Electro deu o seu testemunho sobre casos de assédio sexual em Portugal, relatando a perseguição que lhe foi movida quando cantava num bar

Marisa Liz partilhou um caso de assédio sexual de que foi vítima, recordando a perseguição que lhe foi movida quando cantava no bar Templários, em Lisboa.

A vocalista dos Amor Electro, uma das mulheres ouvidas numa reportagem da revista "Sábado" sobre assédio sexual, relata: "Ia lá um senhor que não falava com ninguém e ficava a olhar para mim. Um dia, quando tinha acabado de cantar, ele disse-me: ‘Tu gostas de mim, mas ainda não sabes.’ Eu fiquei em choque e não dei seguimento", conta Marisa Liz.

O caso tornou-se mais grave quando o mesmo homem perseguiu a artista, após uma atuação nesse bar. "Uma noite entro no carro, e batem-me na janela, abro o vidro e gelei – era ele. Comecei a arrancar com o carro. E ele seguiu-me. Eram 2h da manhã, estava sozinha e o que pensei foi parar em frente à esquadra da polícia. Parei o carro e ele passou. Fiquei ali um bocado e ele nunca mais apareceu", relata Marisa Liz, partilhando ainda que, quando era mais nova, "fingia falar ao telemóvel quando andava sozinha à noite. Desde cedo sente-se essa insegurança, esse medo. Todas as mulheres o sentem."