Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Instagram Lady Gaga

Cinco detidos pelo rapto dos cães de Lady Gaga. Incluindo a mulher que os devolveu

O rapto, que colocou o ‘dog walker’ de Lady Gaga em perigo de vida, teve lugar em fevereiro. Os cães foram devolvidos dois dias depois, sob recompensa, mas há fortes suspeitas de que a mulher que o fez possa estar envolvida no crime

Foram detidas cinco pessoas suspeitas de estarem envolvidas no rapto dos cães de Lady Gaga, incluindo a mulher que os devolveu, sãos e salvos, à artista.

O caso deu-se em fevereiro, quando o dog walker de Lady Gaga foi baleado enquanto passeava os seus três buldogues franceses. Ryan Fischer esteve em perigo de vida, mas acabou por recuperar.

As autoridades de Los Angeles não acreditam que os ladrões soubessem que os cães pertenciam a Gaga. As razões que levaram ao sequestro estarão nos cães em si, cujo valor pode chegar aos milhares de dólares.

Dois dias após o sequestro, uma mulher de 50 anos, identificada como Jennifer McBride, devolveu os cães a Lady Gaga. Esta mulher terá uma relação amorosa com o pai de um dos outros suspeitos detidos, Harold White, de 40 anos; Jaylin White, de 19, James Jackson, de 18 e Lafayette Whaley, de 27, constituem os restantes suspeitos.