Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Ana Moura

Sharon Pannen

Chegou o vídeo de 'Andorinhas', a primeira canção da nova vida de Ana Moura. Veja aqui em primeira mão

Com balanço crioulo, 'Andorinhas' é o primeiro single do álbum em que Ana Moura vai mudar tudo: da sonoridade aos colaboradores, passando pelas estruturas que a representam. O vídeo, filmado em Olhão, com um novo visual, está aqui

Aguardada com expectativa, a 'nova vida' de Ana Moura começa hoje. Com uma nova sonoridade e novos colaboradores, a fadista ribatejana, que abandonou também as estruturas que a representavam, apresenta o vídeo de 'Andorinhas'.

Em comunicado, pode ler-se que 'Andorinhas' é "um símbolo: de liberdade e de emancipação, de criatividade em estado puro, uma recusa das amarras do sucesso, uma declaração de uma vontade de futuro."

Lembrando que "o fado de Ana Moura foi sempre diferente: tinha cor, onde antes o negro imperava, pedia balanço festivo, onde antes uma solenidade quase fúnebre mandava, admitia outro tipo de ideias e de palavras, traduzindo uma identidade diferente, mestiça, crioula, que sempre existiu no seu âmago", o texto de apresentação refere-se a 'Andorinhas' como "uma nova alma que assim se liberta".

Filmado nas açoteias de um bairro em Olhão, no Algarve, o vídeo revela também a nova imagem de Ana Moura, que aqui enverga uma túnica negra inspirada no biôco, traje típico que se usou no Algarve até ao final do século XIX, altura em que foi proibido por decreto.

Veja aqui o vídeo de 'Andorinhas', realizado por André Caniços:

No novo álbum, com lançamento previsto para o final deste ano, Ana Moura trabalhou com artistas como Pedro Mafama ou Pedro da Linha, que têm vindo a ser descritos como renovadores da cena pop nacional — o segundo, ligado à editora Enchufada, de Branko, soma créditos em trabalhos de Dino d’Santiago ou Carlão, por exemplo.

“Isto é tudo uma mudança radical”, resumiu Ana Moura ao Expresso. “O mundo parou e eu senti isso como uma oportunidade para avançar".