Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Bob Dylan quis fazer uma versão de Foo Fighters. E tocou Madonna à guitarra

“Ele é um gozão”. Revelações feitas por Dave Grohl e Arthur Baker

Bob Dylan quase gravou uma versão de 'Everlong', dos Foo Fighters.

A revelação foi feita por Dave Grohl, em entrevista à revista "Uncut".

As intenções de Dylan tiveram lugar por volta do ano de 2008, quando o Prémio Nobel da Literatura quis que os Foo Fighters fizessem as primeiras partes da sua digressão de então.

Dizendo ter-se sentido "aterrorizado" antes do primeiro encontro entre ambos, Grohl explicou que Dylan é fã da música do grupo. "Agradeceu-nos por fazermos parte da digressão. E disse-me que a 'Everlong' era uma grande canção, e que ele a devia tocar", contou.

"Foi uma das experiências mais incríveis de toda a minha vida. Assustador, mas ele foi muito simpático".

O produtor Arthur Baker levantou, também, o véu pousado sobre o lado mais brincalhão de Dylan. Certo dia, em estúdio, ouviu-o a tentar tocar 'Like a Virgin', de Madonna, à guitarra.

"Já tínhamos acabado o disco e ele diz-me: 'gostava de fazer um álbum como o Prince, da Madonna. Podemos fazer isso?'. Ele é um gozão", acrescentou.