Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Axl Rose e Kurt Cobain nos MTV Video Music Awards de 1992

Getty Images

Recordar é viver. Quando os Nirvana e os Guns N' Roses quase andaram à pancada nos bastidores dos prémios da MTV

A troca de 'galhardetes' entre elementos dos Nirvana e dos Guns N' Roses, que envolveu até as companheiras de Kurt Cobain e Axl Rose, quase terminou em vias de facto nos bastidores dos MTV Video Music Awards de 1992. E até Dave Grohl se meteu com a voz de 'Sweet Child O' Mine'

A inimizade entre Kurt Cobain, dos Nirvana, e Axl Rose, dos Guns N' Roses, já não era uma novidade quando as duas bandas se cruzaram na cerimónia dos MTV Video Music Awards, em 1992, mas as coisas quase chegaram a vias de facto nos bastidores.

Tudo terá começado aquando da edição de "Nevermind", no ano anterior, com Axl a ficar tão entusiasmado com a música de Cobain e companhia que decidiu convidá-los para tocarem na sua festa de aniversário. O pedido foi recusado.

A troca de galhardetes pública que se seguiu teve o seu ponto mais alto nos prémios da MTV, com Courtney Love, mulher de Cobain a dar uma ajudinha. Consta que Love perguntou, de forma provocatória, a Rose se ele queria ser padrinho de Frances Bean, a filha recém-nascida. Axl dirigiu-se a Cobain, pedindo-lhe para controlar a mulher e levou uma resposta sarcástica.

Duff McKagan, baixista dos Guns N' Roses, resolveu envolver-se e dirigiu-se a Krist Novoselic, baixista dos Nirvana, para pedir satisfações. A bulha só não terá acontecido porque pessoas da organização do evento os separaram.

Não sem antes, Cobain ter, alegadamente, cuspido num piano que pensava que seria utilizado por Rose na atuação dos Guns N' Roses (na verdade seria utilizado por Elton John). No final da atuação dos Nirvana, que tocaram o tema 'Lithium', Dave Grohl resolveu pegar no microfone e gozar com Axl, entoando o seu nome de forma a que soasse a "asshole".