Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Nuno Guerreiro, da Ala dos Namorados

Nuno Guerreiro (Ala dos Namorados): “Nunca quis esconder nada mas na rua há risinhos, olhares. Sempre!”

“Era um terror. Há 20 anos, a aceitação e a libertação [não eram as mesmas]”. Como o vocalista da Ala dos Namorados lidou com o preconceito em torno da sua homossexualidade

Nuno Guerreiro, vocalista da Ala dos Namorados, revela ter sido vítima de preconceito por ser homossexual.

"Era um terror. Há 20 anos era muito diferente. A aceitação e a libertação eram outras", recorda, "apesar de, no meio artístico, nunca ter sentido esse preconceito, ele também existe. Mas nunca quis esconder nada. Sempre fui muito natural. Na rua, às vezes, há palavrinhas, risinhos, olhares... Sempre!", afirma em entrevista à revista TV Guia.

Contudo, o cantor diz que a situação tem vindo a mudar. "Apesar de tudo o que estou a dizer, as coisas melhoraram. Hoje, vê-se casais homossexuais de mão dada, a beijarem-se... Está tudo muito diferente".

Sobre relações amorosas, Guerreiro, que há mais de uma década falou sobre o facto de ter sido vítima de violência doméstica, confessa: "esquecia-me de mim em prol dos outros. Então no que diz respeito aos amores... Os amores assolapados estragaram muito da minha pessoa".