Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Morrissey sente-se “insultado” e “magoado” e acusa “Os Simpsons” de racismo

O recente episódio de “Os Simpsons” inclui uma personagem que representa o vocalista dos Smiths. Morrissey reagiu com um texto que arrasa a série animada, acusando-a de ter “degenerado” e de ter usado “táticas odiosas, como mostrar a personagem de Morrissey com a barriga a sair da camisa, o que nunca aconteceu”

Morrissey deixou duras críticas à série "Os Simpsons", após ter sido parodiado no novo episódio desta, "Panic On The Streets of Springfield".

No episódio, o músico é representado - nos dias atuais - como um homem obeso, racista e comedor de carne.

"Os argumentos têm-se tornado cada vez piores", pode ler-se numa nota emitida por Morrissey. "O que começou como uma sátira à experiência cultural moderna degenerou numa capitalização de controvérsias e rumores baratos".

"Troçar de alguém é uma coisa. Mas usar táticas odiosas, como mostrar a personagem de Morrissey com a barriga a sair da camisa, o que nunca aconteceu, faz-nos pensar em quem serão de facto os racistas", continua.

Morrissey fez ainda referência às polémicas recentes em torno d'"Os Simpsons", após Hank Azaria ter pedido desculpa ao povo indiano pela sua interpretação, considerada racista, da personagem Apu. "É hipocrisia", diz.

"Não surpreende que as audiências tenham baixado tanto ao longo dos últimos anos", remata o músico.