Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Mike Shinoda dos Linkin Park defende que o computador deveria ser considerado um instrumento musical

O músico dos Linkin Park tem um visão muito definida no ‘combate’ entre instrumentos ‘reais’ e música produzida por computador. E acredita que se o teclado é considerado um instrumento, também o software de computador deveria sê-lo

Mike Shinoda esteve à conversa com os fãs, através da rádio norte-americana ALT 98.7 FM.

Questionado sobre se o computador pode ser considerado um instrumento musical, o músico respondeu de forma afirmativa.

"Os sintetizadores são um instrumento? A maioria das pessoas diria que sim. E não passam de um interface MIDI, que alimenta informação a um computador interno", disse.

"Não há grandes diferenças, teoricamente falando, entre tocar notas musicais num sintetizador, ou numa bateria digital, e num computador".

"Desde o início da nossa banda que tratei o Pro Tools ou o Ableton como um instrumento, onde podes cortar o áudio e criar novos sons a partir dele", concluiu.