Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Hélio Morais

Rita Carmo

Hélio Morais: “Comecei a tocar bateria aos 13 anos, numa igreja. Mas do que eu gostava mesmo era de heavy metal”

O baterista de Linda Martini, que agora se estreia a solo como Murais, aprendeu a tocar o seu instrumento “numa igreja protestante, em Massamá”. “Uma vez fiz lá um ensaio e o pastor ficou doido: ‘aqui só tocas músicas do culto e da adoração’”. Para ouvir no podcast Posto Emissor

Convidado do Posto Emissor, podcast semanal da BLITZ, Hélio Morais recordou os tempos em que começou a tocar bateria, numa igreja protestante em Massamá. Porém, o seu gosto musical, enquanto adolescente, era outro.

"O baterista do culto ensinou-me os ritmos básicos: o da adoração e o do louvor", conta o músico de Linda Martini e PAUS. "Mas o que eu gostava mesmo era de heavy metal, de Metallica. Uma vez fiz um ensaio na igreja e o pastor ficou doido: ‘nunca mais vens para aqui com a tua banda, aqui só tocas músicas do culto e da adoração'", lembra, entre risos.

Ouça esta resposta de Hélio Morais pelos 12m 56s.