Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Madonna

Karwai Tang/Getty Images

“Só podias chamar-te Karen”. Madonna arrasa fã defensora do uso de armas

Madonna perdeu a paciência com uma seguidora do Instagram e respondeu-lhe à letra. “Vem ter comigo e diz-me isso na cara”

Madonna perdeu a paciência com uma seguidora, defensora do uso de armas, e respondeu à letra a um comentário feito numa publicação sobre as mortes de George Floyd e, mais recentemente, de Daunte Wright, às mãos da polícia.

Esta segunda-feira, a artista norte-americana escreveu: "Houve mais de 130 tiroteios nos Estados Unidos este ano, até ao momento, e ainda só estamos em abril. Uma tragédia que só se torna mais trágica porque há uma solução. Chama-se controlo do uso de armas. Acorda, América. A história continua a repetir-se".

Uma seguidora, com o nome de usuária "karengayler", rapidamente reagiu, acusando-a de não viver no "mundo real": "aposto que tu tens pessoas com armas a proteger-te e à tua família, mas achas que nós podemos viver desprotegidos, sem armas. Se nos tirarem as armas, os criminosos vão sempre encontrá-las". Madonna, que não costuma responder a comentários, não se conteve.

"Sua vaca, eu não tenho segurança ou guardas armados à minha volta. Vem ter comigo e diz-me na minha cara o quão irreal é o meu mundo, Desafio-te", começa por responder a artista, "não sabes nada de mim ou da minha vida. Os únicos criminosos que vejo agora são os polícias que são pagos para proteger as pessoas".

Mas não se ficou por aí. Antes de terminar, dizendo "claro que só podias chamar-te Karen", Madonna atira: "a polícia é protegida pelos juizes e o sistema judicial, que é anedótico porque não há justiça para pessoas de cor".