Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Mick Jagger

Rankin

Teorias da conspiração, vacinas e “miúdas giras”. Mick Jagger e Dave Grohl juntos em canção inesperada

Mick Jagger, a lenda dos Rolling Stones, acaba de lançar um tema gravado com Dave Grohl, dos Foo Fighters. A canção fala sobre os aspetos mais caricatos da pandemia. Ouça aqui 'Eazy Sleazy'

Mick Jagger, vocalista dos Rolling Stones, aproveitou o confinamento para escrever uma canção que aborda precisamente o momento atual: chama-se 'Eazy Sleazy' e conta com a participação de Dave Grohl, dos Foo Fighters, que à "Rolling Stone" descreve a colaboração como algo que vai "para além do sonho".

Àquela revista, o vocalista dos Rolling Stones reconhece que tem "mais sorte" do que a maioria das pessoas. "Estar fechado num apartamento na cidade sem poder sair - o que acontece com muitos dos meus amigos - deve ser horrível. Tenho saudades de ver gente, de conversar, de tocar música com outras pessoas. Tudo isso é difícil, mas eu tenho a sorte de me poder refugiar em sítios agradáveis."

Mick Jagger refere-se ainda a algumas experiências do confinamento de forma jocosa. "Vês uma miúda gira e não podes correr riscos antes de tomares a vacina. E há aquelas coisas que podias tentar fazer para passar o tempo e te melhorares como pessoa. Toda a gente tentou fazer alguma coisa, como cozinhar, dançar ou aprender a falar mal outra língua."

O inglês refere-se também às teorias da conspiração a que várias pessoas "sensatas" que conhece têm aderido. "Tenho vários amigos que começam com conversas irracionais. Mas não fale a pena falar com eles sobre isso. Acreditam naquilo e pronto. O pensamento racional não vai resultar com eles."

Por fim, Mick Jagger contou que tem amigos que não querem ser vacinados contra a covid-19, ao contrário de si, que já levou as duas doses da vacina.

Ouça aqui 'Eazy Sleazy', a colaboração de Mick Jagger com Dave Grohl: