Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Estudo mostra que afinal podemos julgar alguém pelo seu gosto musical

Um derradeiro tabu pode ter sido quebrado: há um estudo que mostra que há ligações entre gostos musicais e a capacidade de gerar empatia. E há estilos musicais que estão mais para o lado da lógica do que do coração (e vice-versa)

Um estudo realizado pela Universidade de Chicago mostra que podemos, de facto, determinar a personalidade de alguém através dos seus gostos musicais.

Intitulado "Musical Preferences are Linked to Cognitive Styles", o estudo indicia a existência de uma ligação entre as nossas preferências musicais e a nossa capacidade para sentir empatia.

De acordo com este estudo, são os fãs de música mais suave, como o R&B ou a música soul, aqueles que mais sentem empatia pelo próximo.

Os fãs de géneros musicais mais pesados, como o heavy metal ou o punk, possuem um pensamento mais sistematizado ou baseado na lógica.

Os autores do estudo esclarecem, ainda, que não foi possível determinar se a música tem o poder de nos fazer sentir mais empatia. "Os resultados apesentados neste estudo são correlacionais. Não é possível inferir uma causa", pode ler-se.