Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

José Cid

Rita Carmo

José Cid: “O Elton John passa por mim no corredor e pergunta-me: 'Where are you from?'. Eu disse: 'Portugal'. E ele: 'O quê?! Portugaaal?'”

"Só me cruzei com ele duas vezes, uma em Vilar de Mouros, outra em Tóquio. [No Japão], eu usava um grande chapéu de aba larga, barbas, óculos redondos azuis, um balandrau indiano com cinto, botas altas e por cima disto tudo um capote alentejano”. José Cid recorda no Posto Emissor um episódio com Elton John passado em 1975

José Cid é o convidado desta semana do Posto Emissor.

Poucos dias após a edição de 'Hope and Joy', uma canção em inglês sobre a pandemia, o veterano da música portuguesa faz no podcast da BLITZ um 'retrato panorâmico' de um percurso artístico de seis décadas.

Evocando, uma vez mais Elton John, a sua 'némesis' britânica, Cid recorda um episódio passado com ambos no Yamaha Music Festival, em Tóquio (Japão), onde Cid participou em 1975 com uma versão em inglês de "Ontem, Hoje e Amanhã".

"Só me cruzei com ele duas vezes, uma em Vilar de Mouros, em que ele pede a aparelhagem emprestada ao Quarteto 1111. E depois em Tóquio, onde eu usava um grande chapéu de aba larga, barbas óculos redondos azuis, um balandrão indiano com cinto, umas botas altas e por cima disto tudo um capote alentejano. O Elton John passa por mim no corredor e pergunta-me: 'Where are you from?'. Eu disse: 'Portugal'. E ele: 'Portugaaaal?', com um ar muito espantado".

Ouça a resposta completa a partir dos 44 minutos: