Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Maynard James Keenan dos Tool teve covid-19 duas vezes. E deixa o seu testemunho

“Não conseguia respirar. Não conseguia dizer duas palavras sem ter um ataque de tosse. Progrediu para uma pneumonia”, conta o músico de 56 anos, que foi hospitalizado e sofre agora de efeitos secundários

Maynard James Keenan já se encontra a recuperar, após um ano atribulado em que teve covid-19 por duas ocasiões.

Em outubro passado, o líder dos Tool anunciou ter tido a doença em fevereiro de 2020, durante uma digressão da banda pela Austrália e Nova Zelândia. Em dezembro, voltou a contrair o vírus.

"Não conseguia respirar. Não conseguia dizer duas palavras sem ter um ataque de tosse. Progrediu para uma pneumonia", contou, em fevereiro. Essa segunda infeção levou-o a ser hospitalizado por vários dias.

À Loudwire, Keenan garantiu agora "estar bem" - ao contrário do que afirmava, há apenas alguns meses.

"Ainda estou a lidar com alguns efeitos residuais. Foi horrível. Sobrevivi, mas não foi bonito", disse, em outubro.

"Tive de tomar muita medicação para desfazer os efeitos residuais. Ainda tenho tosse, ainda tenho lesões nos pulmões. De vez em quando, tenho ataques de tosse porque os meus pulmões ainda não estão curados", acrescentou.