Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Os Metallica não queriam que se soubesse que contrataram Robert Trujillo por 1 milhão de dólares

A revelação foi feita no documentário “Some Kind of Monster” e a banda não ficou satisfeita com a decisão dos realizadores, acreditando que os fãs nunca iriam entender que uma opção artística tivesse um preço — e, sobretudo, tão elevado

Os Metallica não queriam que se soubesse que pagaram 1 milhão de dólares a Robert Trujillo, para que este fizesse parte da banda após a saída de Jason Newsted.

Em declarações ao website Loudwire, Joe Berlinger, que foi co-realizador do documentário "Some Kind of Monster", afirmou que a cena em que Trujillo é contratado quase ficou de fora do filme.

Segundo Berlinger, os Metallica estavam "apreensivos" em relação a alguns dos factos revelados no documentário.

"Reunimos com eles umas horas, e disseram-nos que não podíamos dizer aos fãs que pagaram um milhão de dólares ao Robert Trujillo", contou. "Achavam que os fãs não iriam entender, que não se podia mostrar o Lars a colocar um preço na sua arte".

A banda acabaria no entanto por ceder às pretensões dos realizadores, e James Hetfield foi uma voz importante nesse aspeto.

"Disse-nos que doía ver aquilo, mas que havíamos feito exatamente o que dissemos que íamos fazer: um retrato honesto, cru e doloroso daquilo pelo que a banda passou", recordou.