Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

DR

Kurt Cobain morreu há 27 anos. Recorde-o em 27 vídeos essenciais, da infância feliz ao último concerto

Há 27 anos, Kurt Cobain deixava este mundo. Tinha 27 anos e um carisma colossal. A música que deixou, com os Nirvana, bem como a defesa dos direitos das mulheres, dos homossexuais ou das minorias étnicas, fazem com que seja lembrado e adorado até hoje. Escolhemos 27 vídeos que percorrem as várias facetas da sua vida e do seu legado: a infância feliz, os primeiros concertos, os espetáculos mais peculiares, os videoclips que ficaram na história, as entrevistas reveladoras, a passagem por Portugal e as últimas imagens

A 20 de fevereiro de 1967 nascia Kurt Donald Cobain. Filho de uma empregada de mesa e de um mecânico de automóveis, o futuro artista revelou, desde muito novo, apetência para a música e uma personalidade sensível. Os seus primeiros anos foram retratados no documentário "Montage of Heck", de onde foram retirados os seguintes vídeos.

Em 1987, ou seja, um ano antes de os Nirvana lançarem o primeiro single, 'Love Buzz', versão dos Shocking Blue, a banda já ensaiava na casa da mãe de Krist Novoselic, o baixista. Veja aqui uns muito jovens Nirvana a tocar 'Spank Thru', 'School' ou 'Mr. Moustache', ainda com Chad Channing na bateria.

Em 1988, os Nirvana participavam na festa de lançamento da compilação Sub Pop 200, que incluía um tema dos Nirvana, 'Spank Thru'. Este vídeo mostra-os a tocar 'School', tema do seu primeiro álbum, "Bleach", após uma introdução feita pelo poeta Steven Jesse Bernstein.

Poucas semanas antes de lançarem o primeiro álbum, "Bleach", os Nirvana davam um concerto em Auburn, no estado de Washington. Apesar de a qualidade de imagem não ser a melhor, é um registo importante, com data de 26 de maio de 1989.

A vida dos Nirvana mudaria em setembro de 1991, com o lançamento do segundo álbum, "Nevermind". Em janeiro desse ano, a banda participava num evento de beneficência chamado No More Wars, no estado de Washington. Tratava-se de um protesto contra a Guerra do Golfo. No vídeo, os Nirvana tocavam temas então ainda por editar, como 'Territorial Pissings' e 'Endless, Nameless'.

Sem dúvida o êxito maior dos Nirvana, 'Smells Like Teen Spirit' alterou o panorama rock dos anos 90 e inspirou gerações. Após o seu lançamento, tornou-se tão inescapável que a banda se recusava, por vezes, a tocá-la ao vivo. Este vídeo mostra os Nirvana a interpretar "Smells Like Teen Spirit" antes de a canção se popularizar. Foi a 26 de setembro de 1991, no estado do Connecticut, dois dias após a edição de "Nevermind" e um mês antes de a MTV começar a rodar o seu vídeo incessantemente.

Um dos álbuns mais importantes da história do rock contemporâneo, "Nevermind" marca, também, a passagem da banda para uma grande editora, o que se refletiu num maior orçamento para videoclips. Eis os telediscos oficiais dos quatro singles do segundo álbum dos Nirvana.

A 26 de setembro de 1992, um ano após a explosão de "Nevermind", Kurt Cobain deu um pequeno concerto surpresa a solo - deixando para a imaginação aquilo que poderia ter sido a sua carreira fora dos Nirvana. O espetáculo fez parte de uma apresentação tripla dos Sonic Youth, Pavement e Mudhoney, e teve lugar em Castaic, uma pequena cidade californiana. Após subir ao palco para cantar 'The Money Will Roll Right In', tema dos Fang, com os Mudhoney, Cobain tocou algumas canções a solo, incluindo 'Where Did You Sleep Last Night', do músico blues Leadbelly (1988 - 1949) - mais tarde popularizada pela apresentação dos Nirvana no programa "MTV Unplugged".

Em agosto de 1992, os Nirvana davam um dos seus mais emblemáticos concertos de sempre. Foi no festival de Reading, em Inglaterra, com Kurt Cobain a entrar em palco de cadeira de rodas e bata de hospital, troçando dos boatos que corriam sobre a sua saúde.

Imagens de bastidores filmadas durante essa mesma atuação em Reading mostram Kurt Cobain, bem disposto e de cigarro na mão, a recomendar a um fã que não fume.

Em janeiro de 1993, Kurt Cobain dava uma entrevista no Brasil, partilhando que os Nirvana estavam em estúdio, a ensaiar, mas que não sentiam pressão para gravar um novo disco. As influências da new wave e do garage rock na sua banda são alguns dos temas abordados na entrevista que terá sido filmada quando os Nirvana tocaram em São Paulo e no Rio de Janeiro, no início de 1993.

O terceiro álbum dos Nirvana, "In Utero", chegou em setembro de 1993. Apesar da desconfiança inicial da editora, tornar-se-ia um grande sucesso comercial e de crítica. É o último disco de estúdio dos Nirvana, que sete meses mais tarde perderiam Kurt Cobain. Eis os vídeos do seu primeiro single, 'Heart Shaped Box', e atuações ao vivo de 'All Apologies', 'Rape Me' e 'Pennyroyal Tea'.

Em novembro de 1993, os Nirvana gravavam um concerto histórico, e acústico, para a MTV. Já depois da morte de Kurt Cobain, o espetáculo seria editado em disco e vídeo. "MTV Unplugged in New York", que incluiu versões de David Bowie, Leadbelly ou Vaselines, marcou uma geração.

Também em 1993, Kurt Cobain dava uma entrevista de quase meia hora na qual falava abertamente não só sobre música como sobre os seus livros favoritos e as suas lutas pessoais. Esta é a versão integral dessa conversa:

A 6 de fevereiro de 1994, os Nirvana davam o seu primeiro e único concerto de sempre em Portugal. Foi no Pavilhão Dramático de Cascais e a SIC pôde registar algumas imagens:

Nessa altura, o canal francês M6 entrevistou Kurt Cobain na Baía de Cascais. Cobain confessava que, em palco, lhe faltava "comunicar mais com o público. Concentro-me na guitarra, tenho que me lembrar das letras, de premir aqueles botões todos dos pedais, tenho de cantar. Tudo isso me confunde", explicava, entre excertos de 'Pennyroyal Tea' e 'Serve the Servants'.

Dada a dimensão que o concerto de Cascais ganharia na memória de uma geração em Portugal, talvez menos se recordem que os históricos do punk rock Buzzcocks - que Cobain reconhecidamente apreciava - fizeram a primeira parte. Um vídeo revelado em 2010 mostra o vocalista dos Nirvana à conversa no 'backstage' com Pete Shelley, dos Buzzcocks. Entre tragos de cigarro e de champanhe, o ambiente é amigável e descontraído.

Propositadamente ignorada em alguns concertos, 'Smells Like Teen Spirit' foi tocada pela última vez em Milão, Itália, a 25 de fevereiro de 1994, durante a etapa europeia da digressão de "In Utero".

Naquela que terá sido uma das suas últimas entrevistas, Kurt Cobain falou sobre a sua saúde, a sua filha, Frances Bean, e um alegado plágio comentido pelos Tool. A conversa foi transmitida pela MTV e faz parte do documentário "Nirvana: Past Present and Future", de 1994.

Menos de dois meses antes de morrer, Kurt Cobain protagonizava a última atuação televisiva: foi a 23 de fevereiro de 1994, na televisão italiana. 'Serve the Servants' e 'Dumb' foram os temas tocados.