Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

“O grunge tentou matar os Iron Maiden”. Quando os gigantes do heavy metal lutaram pela sobrevivência

“Estávamos em guerra com o grunge. A imprensa inglesa queria que os Maiden morressem”, afirma Blaze Bayley, vocalista dos Iron Maiden numa altura bem difícil. Em 'guerra' com Soundgarden, Alice in Chains e restante família 'grunge', os gigantes do heavy metal inglês chegaram mesmo a tocar em Seattle... e não correu bem

Blaze Bayley, vocalista dos Iron Maiden nos anos 90, acusou a cena grunge de ter querido acabar com a carreira da banda britânica.

"Estávamos em guerra com o grunge", afirmou, ao podcast Crowcast. "O grunge tentou matar os Iron Maiden. A imprensa inglesa queria que os Maiden morressem".

O músico lembrou ainda um concerto que os Maiden deram em Seattle, referindo-se à cidade como "a terra natal da morte".

"Olhavam para nós como se fossemos dinossauros", continuou. "Pensavam porque é que não estávamos mortos. E, nas filas da frente, puxavam por nós. Foi inacreditável".

Com álbuns como "The X Factor" e "Virtual XI", acrescentou Bayley, os Iron Maiden estavam "a lutar pela existência do heavy metal a sério". "Onde é que está o grunge, agora? O metal dura para sempre porque vive no coração dos fãs", concluiu.