Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Dave Grohl já pensava formar outra banda mesmo quando estava nos Nirvana

“Um dia, estávamos a sair de um ensaio dos Nirvana e o Dave mostrou-me no autorrádio umas coisas que tinha gravado. Uns tempos depois, passou-me uma cassete que era basicamente o que veio a ser o primeiro álbum dos Foo Fighters”. A revelação é de Pat Smear, guitarrista da fase final dos Nirvana e que Grohl recrutaria depois para os Foo Fighters

O guitarrista Pat Smear deu uma entrevista ao portal "Guitar", na qual afirmou que Dave Grohl já estava a pensar formar uma banda própria mesmo quando ainda fazia parte dos Nirvana.

Pat Smear recordou um episódio específico, que o prova: "Um dia, estávamos a sair de um ensaio dos Nirvana e o Dave mostrou-me no autorrádio umas coisas que tinha gravado. Lembro-me de gostar imenso e de lhe dizer para me mostrar mais", contou.

"Uns tempos depois, passou-me uma cassete que era basicamente o que veio a ser o primeiro álbum dos Foo Fighters. Adorei. Fez-me querer voltar a tocar música".

Tanto, que o guitarrista garante que Grohl nem sequer teve que lhe pedir para que se juntasse à banda que viria a tornar-se nos Foo Fighters. "Fui eu que lho pedi", disse. "Perguntei-lhe se ele ia formar uma banda, porque eu queria fazer parte dela".

"A primeira coisa que fizemos em estúdio, enquanto banda, foi misturar o primeiro disco [dos Foo Fighters], que o Dave havia gravado sozinho. Passámos lá uma semana. De certa forma é o nosso primeiro disco, apesar de não termos tocado nele".