Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Tatanka, dos The Black Mamba

Rita Carmo

Black Mamba: "Sempre soubemos que íamos ter problemas por cantarmos em inglês"

"Soubemos desde o começo que iríamos ser diferentes, mesmo em Portugal. Mas sempre nos mantivemos fiéis às nossas crenças e à música que adoramos, e isso é um fator que nos diferencia. Não fazemos música moderna, mas somos diferentes, e isso é bom", afirma Pedro Tatanka, em entrevista a site eurovisivo

Os Black Mamba deram uma entrevista a um site internacional sobre o Festival da Eurovisão, na qual falaram sobre a sua experiência no Festival da Canção, em Portugal, e sobre as suas expectativas quanto à participação na Eurovisão.

Garantindo que o seu grande objetivo passa por aproveitar bem a viagem até Roterdão, divertindo-se e dando a conhecer a sua música a um público de milhões de espectadores, os Black Mamba confessaram que as reações negativas ao facto de terem apresentado uma canção em inglês não os surpreenderam.

"Sempre soubemos que íamos ter problemas por cantarmos em inglês", admite Tatanka, vocalista dos Black Mamba e autor da canção que representará Portugal na Eurovisão, 'Love is on My Side'. "Porque esta é a primeira vez que Portugal envia [à Eurovisão] uma canção inteiramente cantada em inglês."

Os Black Mamba afirmam ainda que, atendendo aos números de visualizações dos outros participantes no Festival da Canção, sabiam que não eram favoritos à vitória. "Fomos para a final determinados a dar tudo, e o resto é história", resumem.

Quanto às probabilidades de virem a obter uma boa pontuação no Festival da Eurovisão, Tatanka afirma: "Soubemos desde o começo que iríamos ser diferentes, mesmo em Portugal. Mas sempre nos mantivemos fiéis às nossas crenças, à música que adoramos e que fazemos, e isso é um fator que nos diferencia dos outros concorrentes, se calhar ainda mais na Eurovisão. Não fazemos música moderna, mas somos diferentes, e isso é bom. Talvez o júri aprecie que sejamos fiéis às nossas origens e àquilo em que acreditamos."

A banda revelou ainda que já tinha sido convidada para participar no Festival da Canção em 2020. "Éramos para ter participado no ano passado, mas não pudemos, porque estávamos em digressão, celebrando o 10º aniversário da banda. O convite manteve-se para este ano e ainda bem que aceitámos", comentam, entre risos.

O entrevistador perguntou ainda que músicos portugueses os membros dos Black Mamba gostariam de recomendar, escolhendo a banda JP Simões, José Afonso, Trovante e a banda The Offshores.

Pode ver aqui a entrevista dos Black Mamba ao site ESCXTRA.