Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Mark Kozelek

Getty Images

Mark Kozelek acusado de abuso sexual por mais sete mulheres

Depois de negar várias acusações, no ano passado, o músico norte-americano, mentor dos projetos Red House Painters e Sun Kil Moon, é acusado por mais sete mulheres de vários crimes de natureza sexual

Depois de, no verão passado, ter sido acusado de vários atos de conduta sexual imprópria, Mark Kozelek, músico norte-americano conhecido pelas bandas Red House Painters e Sun Kil Moon, voltou a ser referido por sete mulheres como perpetrador de vários episódios de abuso sexual.

O artigo é, uma vez mais, publicado pelo site Pitchfork, que falou com as sete mulheres e com os amigos ou familiares a quem as mesmas dizem ter contado o sucedido, à época dos alegados ataques.

A maioria das mulheres diz ter conhecido Mark Kozelek na condição de fã da sua música, ou enquanto artista em começo de carreira. Uma delas afirma ter sido violada pelo cantor-compositor num quarto de hotel, enquanto várias outras relatam episódios de contactos físicos não consensuais e contam que Mark Kozelek lhes pediu para se masturbar na sua presença.

Tal como sucedeu no ano passado, o músico negou todas as acusações, respondendo através do seu advogado e ameaçando partir para uma ação legal para quem continuar a "difamá-lo".

Um dos episódios de alegado abuso sexual relatado em 2020 terá acontecido em Portugal, mais concretamente em Espinho, em 2017.