Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Tatanka, líder dos Black Mamba

PEDRO PINA - RTP

Eurovisão. Quais são as hipóteses de Portugal passar à final

A dois meses da grande final da Eurovisão, voltamos às casas de apostas para percebermos quais são as hipóteses de 'Love is on My Side', dos Black Mamba, passar à final do evento

A exatamente dois meses da grande final da Eurovisão, 'Love Is on My SIde', canção dos Black Mamba que representará Portugal, está no 26º lugar - entre 40 concorrentes - na tabela de apostas. Segundo o site Eurovisionworld, que compila os resultados de 17 casas de apostas, a canção portuguesa tem 1% de probabilidades de vencer o concurso que se realiza em maio em Roterdão, nos Países Baixos. Uma aposta na canção portuguesa como vencedora do certame resulta num retorno entre 75 a 250 vezes superior ao valor investido.

Desde que venceu o Festival da Canção, a representação portuguesa tem ocupado neste ranking os lugares da segunda metade da tabela, entre o 22º (no dia da vitória no certame nacional) e o 29º lugar (a 15 de março).

Contudo, para chegar à final, Portugal terá de passar a segunda eliminatória do evento, a realizar-se em Roterdão a 20 de maio. Na lista dos concorrentes à segunda semifinal, a canção dos Black Mamba é mesmo a que, de acordo com duas casas que abriram apostas para as eliminatórias do festival da Eurovisão, ocupa o último lugar - segundo este indicador, estará portanto afastada do apuramento para a final, uma vez que apenas a 10 canções mais votadas em cada semifinal passam para a final de 22 de maio.

A lista geral, que inclui todas as nações das semifinais e os "Big 5" (Alemanha, Itália, França, Espanha e Reino Unido), que têm entrada direta para a final, é agora liderada pela canção de Malta, 'Je Me Casse', interpretada por Destiny, com 16% de probabilidade de vencer. Em segundo lugar está 'Tout l'Univers', do suíço Gjon's Tears, anterior líder da tabela (agora com 15% de probabilidades) e em terceiro está 'Voilà', da francesa Barbara Pravi (10%).

Em 26º lugar, a canção portuguesa mantém-se à frente das canções da Holanda (país organizador), da Alemanha, da Irlanda ou de Espanha, três dos cinco "Big 5".