Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Ted Nugent

Mick Hutson/Getty Images

Defensor do apartheid e antissemita, Ted Nugent garante que é antirracista

“Prestei homenagem aos heróis negros da música toda a minha vida, o que significa que sou o antirracista”

Ted Nugent resolveu responder às acusações de racismo de que foi alvo - e que fizeram com que perdesse um patrocinador do seu programa de televisão "Spirit of the Wild" - partilhando uma mensagem num vídeo nas redes sociais na qual se declara "antirracista".

"Quem presta atenção - não aqueles que me chamam racista, mas pessoas honestas - sabe que eu homenageei os heróis negros da música toda a minha vida, o que significa que sou o antirracista. Portanto, se encontrarem alguém que chame racista ao Ted Nugent, estão a olhar para um ser sub-humano que vive numa mentira".

Apoiante de Donald Trump, o músico norte-americano mostrou-se, no passado, defensor do apartheid sul-africano, proferiu declarações antissemitas, ofendeu Barack Obama chamando-lhe 'mestiço sub-humano' e escreveu um artigo de opinião no qual disse que talvez tivesse sido melhor se os estados esclavagistas do sul tivessem vencido a Guerra Civil dos Estados Unidos.