Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Carlão emociona-se em direto no “The Voice Kids”. “Foi a primeira vez que a minha filha mais velha me viu chorar”

“Ontem aconteceu aquilo que nunca esperei vir a acontecer-me. A emoção tomou conta de mim e as lágrimas assomaram, inesperadas”, confessa Carlão. Tudo se deveu à jovem Isis Salgueiro, da sua equipa, que na gala deste sábado do programa de talentos “The Voice Kids” se viu eliminada da competição

Este domingo, na primeira gala em direto do programa de televisão "The Voice Kids", uma eliminação deixou Carlão em lágrimas. O artista, que é jurado no programa da RTP, emocionou-se quando foi obrigado a eliminar um elemento da sua equipa, a jovem Isis Salgueiro, de 13 anos, que tinha interpretado 'Hallellujah', um original de 1984 de Leonard Cohen que seria popularizado também por John Cale (1991) e Jeff Buckley (1994).

"Ontem aconteceu aquilo que nunca esperei vir a acontecer-me no The Voice Portugal. A emoção tomou conta de mim e as lágrimas assomaram, inesperadas. Foi a primeira vez que a minha filha mais velha me viu chorar, a mais nova já dormia. Tudo porque Isis despertou em mim um respeito, carinho e admiração incríveis e terá sido a pessoa que mais me custou abandonar nesta viagem. Tem uma voz assustadoramente segura, controlada, afinada. E bonita, claro. O calor do seu 'Hallelujah' já não sairá do meu coração. Durante a tarde de ontem 'obriguei' os meus putos a prometerem-me que, independentemente do desfecho daquela noite, não iriam ficar por ali na sua luta pela música. Foram unânimes na sua resposta, assegurando-me que não, e isso deixa-me mais feliz do que vocês possam imaginar. Obrigado, Isis"

O momento da eliminação de Isis Salgueiro pode ser visto aqui, a partir dos 33 minutos e 30 segundos. Mentor e concorrente não evitaram a emoção, abraçando-se. O pai da jovem consolou Carlão, assumindo-se fã dos Da Weasel.

Veja aqui a atuação de Isis Salgueiro:

Isis Salgueiro foi a última concorrente a subir ao palco na gala de domingo. Com 13 anos, natural de Oeiras, canta no Coro de Santo Amaro de Oeiras e sonha chegar à Broadway, aspirando a fazer teatro musical.