Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Ator Armie Hammer acusado de violação. Polícia de Los Angeles abre investigação

Denúncia contra o ator de “Chama-me Pelo Teu Nome” foi conhecida esta quinta-feira numa conferência de imprensa

A polícia de Los Angeles anunciou, esta quinta-feira, ter aberto uma investigação às acusações de violação de que o ator Armie Hammer foi alvo, da parte de uma ex-namorada.

A mulher, de 24 anos, deu uma conferência de imprensa virtual na qual detalhou as suas acusações. Entre outros incidentes, alega ter sido "violada violentamente" durante "mais de quatro horas", em 2017, e ter sido agredida na cabeça e nos pés, com um chicote.

A mulher afirma ter sido "mentalmente, emocionalmente e sexualmente" abusada pela estrela de "Chama-me Pelo Teu Nome", o que motivou a abertura de uma investigação.

Caso sejam encontradas provas destas alegações, o ator pode vir a ser julgado e condenado a uma pena de prisão que vai até aos oito anos.

Através do seu advogado, Hammer rejeitou todas as acusações. Em comunicado, Andrew Brettler referiu que a alegada vítima terá enviado ao ator várias mensagens de pedidos sexuais explícitos.