Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Rhye

Rita Carmo

Rhye acusado de abuso sexual pela ex-mulher. A carta aberta de Alexa Nicolas

O músico canadiano Michael Milosh, que atuou diversas vezes em festivais portugueses como mentor do projeto Rhye, é acusado pela ex-mulher de abuso sexual e outros maus tratos, numa relação que começou no dia em que esta completou 18 anos. “Ainda hoje sofro de stress pós-traumático”, escreve a atriz numa carta aberta

O músico canadiano Michael Milosh, conhecido pelo projeto Rhye, foi acusado pela ex-mulher, a atriz Alexa Nikolas, de abuso sexual.

No Instagram, Nikolas publicou uma carta aberta, alegando que o ex-marido a maltratou fisicamente e a manipulou financeiramente, além de a ter começado a seduzir durante a sua adolescência.

De acordo com este relato, Michael Milosh e Alexa Nikolas começaram a falar, por mensagem e telefonicamente, quando a norte-americana tinha 16 anos. A comunicação à distância durou dois anos.

"No dia em que fiz 18 anos, ligou-me e convidou-me a visitá-lo em Berlim", conta Alexa Nikolas, revelando que o músico lhe pediu dinheiro para pagar o apartamento onde ficariam instalados; mais tarde, a atriz descobriu que Michael Milosh o usaria para pagar a casa que partilhava com a então namorada.

Na noite em que chegou a Berlim, Alexa Nikolas acusa Michael Milosh de ter tido relações sexuais consigo contra a sua vontade. "Lembro-me de me sentir muito desconfortável mas sentia-me atraída por ele e não quis estragar a nossa primeira experiência sexual. Não respeitei o meu 'não' e ele também não." Nessa altura, Alexa tinha 18 anos e Michael 35.

Nos meses que se seguiram, a atriz diz que namorou à distância com Michael Milosh, que continuou a pedir-lhe dinheiro com regularidade.

Quando Alexa Nikolas tinha 19 anos, o namorado pediu-a em casamento. Nikolas aceitou mas, hoje, acredita que o músico apenas queria obter a nacionalidade norte-americana, requisito que a sua editora discográfica teria exigido, para que pudesse promover ao vivo nos Estados Unidos o álbum "Woman", de 2013.

Alexa Nikolas acusa ainda Rhye de usar na sua música sons gravados durante as relações sexuais que teve consigo ou com outras mulheres; de comportamentos fisicamente agressivos e de lhe ter confessado que, quando estava na casa dos 20, terá violado uma rapariga jamaicana.

O casal viria a divorciar-se e, em 2018, Alexa Nikolas deu uma entrevista sobre a sua relação à revista "Verse", que Rhye e a sua equipa tentaram que fosse apagada. Contudo, a atriz apresentou mensagens e outras provas de que o que contou era verdade.

A longa carta aberta de Alexa Nikolas termina com um apelo de paz: "Hoje em dia, penso que ele começou a seduzir-me quando eu tinha 16 anos e que conseguiu tudo o que queria de mim: apoio financeiro, um visto para continuar a sua carreira, notoriedade e sexo. Ainda hoje sofro de stress pós-traumático causado por essa relação e há dias em que duvido da minha sanidade mental. Ao Milosh desejo que se arrependa e abandone os seus comportamentos perturbantes."

Leia aqui a carta aberta de Alexa Nikolas (alerta: algumas das descrições podem ser chocantes).

Rhye atuou por diversas vezes em Portugal, a mais recente das quais no NOS Primavera Sound, no Porto, em 2018.