Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Tatanka, dos The Black Mamba

Rita Carmo

Tatanka (The Black Mamba): “Quando tinha 7 anos mascarei-me de Jim Morrison, no meio dos Zorros e Super-Homens. Os Doors eram a minha cena”

Líder dos Black Mamba, vencedores do Festival da Canção, Tatanka conta que a sua paixão pela música começou no rock and roll. “Vinha da cena hippie [dos meus pais]. [Adorava] Janis Joplin, Jimi Hendrix, Beatles, mas os Doors é que eram a minha cena”, revela o músico de 36 anos, que no Posto Emissor recorda um Carnaval da infância em que se mascarou de Jim Morrison... apesar de só a professora ter percebido

Vencedor do Festival da Canção à frente dos Black Mamba, Tatanka é o convidado da mais recente edição do Posto Emissor, o podcast na BLITZ.

À conversa com Luís Guerra, o músico que levará 'Love Is on My Side' à Eurovisão, em maio, nos Países Baixos, conta que a sua paixão pela música começou no rock and roll.

"O rock and roll vinha da cena hippie [dos meus pais]. A Janis Joplin, o Jimi Hendrix, os Beatles... Eu conhecia tudo dos anos 60. Também adorava [nomes posteriores como] os Queen e os Dire Straits, mas os Doors eram a minha cena", recorda.

"Quando tinha 7 anos mascarei-me de Jim Morrison. Era tudo Zorros e Super-Homens. Só a professora é que sabia", revela.

Para ouvir no podcast Posto Emissor a partir dos 31 minutos e 2 segundos: