Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Morreu Sally Grossman, estrela de uma das capas mais icónicas de Bob Dylan

Era a mulher 'misteriosa' na capa de “Bringing It All Back Home”, álbum de 1965 de Bob Dylan

Morreu Sally Grossman, a mulher que figura na capa de "Bringing It All Back Home", álbum de Bob Dylan, lançado em 1965. Tinha 81 anos.

A sua sobrinha, Anna Buehler, confirmou o óbito à revista Rolling Stone, dizendo que Sally morreu durante o sono em sua casa, em Woodstock.

Sally era a esposa do manager de Dylan à altura, Albert Grossman, e foi fotografada para a capa a pedido do próprio músico. "Estava por perto e o Bob pediu-me que o fizesse", contou, numa entrevista de 1996.

Através do marido, Sally teve a oportunidade de conhecer algumas das grandes estrelas rock e folk da altura - não apenas Dylan, mas também Peter, Paul & Mary, Gordon Lightfoot ou Richie Havens.

Após a morte de Albert, Sally tomou conta dos estúdios Bearsville, que este havia construído e por onde passaram R.E.M. ou Metallica. Em 1989, completou um dos grandes projetos do marido: o Teatro Bearsville, que vendeu em 2004.